BOAS-VINDAS

É uma grande alegria receber a sua visita. Tenho o real desejo de tornar este blog um espaço onde possamos discutir, de forma aberta e sincera, assuntos de interesse profissional para todos aqueles que participam da guerra diária contra a criminalidade e a violência.
As opiniões e comentários serão de essencial importância para o sucesso deste espaço de discussões.

OS ARTIGOS PUBLICADOS PODEM SER COPIADOS, DESDE QUE CITADA A FONTE

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

BLOGOSFERA POLICIAL, UNI-VOS!

O Major Adrianizio Paulo, autor do Blog Direito Para Todos, foi exonerado de sua função junto à CIOPS, pelo Secretário de Segurança Pública e Defesa Social.

Não sei os reais motivos de tal exoneração; acredito que o próprio Adrianizio também não tenha a absoluta certeza, pois, inclusive, está realizando uma enquete em seu blog sobre este tema.


Esperamos que não seja alguma espécie de retaliação pelo fato de ser um blogueiro integrante da Blogosfera Policial, pois teremos que tornar público, em todo o Brasil, mais uma arbitrariedade cometida contra a classe policial militar.

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

LEALDADE


Lealdade é uma característica da atividade militar um pouco rara em nossos dias. Entretanto, mais importante do que a lealdade expressa nas relações pessoais, está a lealdade para consigo próprio, vislumbrada através da sinceridade, coerência nas atitudes, retidão de caráter e honestidade. Estes funcionando, absolutamente, como guia de conduta individual.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

SENSO DE JUSTIÇA

Uma das mais árduas missões enfrentadas pelos chefes militares é o julgamento dos subordinados. Rotineiramente estamos realizando julgamentos. Julgamos para punir, quando da aplicação da disciplina; julgamos para elogiar e premiar; julgamos para emitir os conceitos necessários às promoções.

Ao mesmo tempo nosso senso de justiça estará sendo testado e observado pelos subordinados, como tembém a nossa coerência, onde será feita uma comparação de nossas palavras com as nossas atitudes.

"A tropa é o espelho do chefe e a sua mais severa juíza" (Gen. Alberto Cardoso).

Senso de justiça e coerência são qualidades de liderança militar cada vez mais escassos em nosso meio.

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

FELIZ NATAL!

A todos os meus amigos e leitores do Blog Sobrevivência Policial...



quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

A MECÂNICA DA SEGURANÇA PÚBLICA

Tentarei fazer algumas ilustrações, com fundamentos em noções básicas de física, tentando mostrar e interpretar a atual situação do sistema de segurança pública no Ceará, principalmente da Polícia Militar de forma particular.

Inicialmente, devemos compreender que há três forças, ou tendências, coexistindo e interferindo nos rumos que estão sendo tomados; são eles:

1º - Comando Geral da PMCE;
2º - Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social;
3º - Ronda do Quarteirão.


Graficamente, utilizando-se da noção de vetores, diria que o cenário ideal seria:


A convergência de forças, com os mesmos propósitos (intensidade), buscando a integração e o equilíbrio de seu foco de ação, a corporação policial militar.

Mas, infelizmente, o que observamos hoje é o seguinte:



VATICÍNIO MILENAR

"Se o comandante for fraco e sem autoridade; se suas ordens não forem claras e definidas; se não houver deveres específicos atribuídos aos oficiais e praças e os dispositivos forem estabelecidos de maneira aleatória e relaxada, o resultado será a desorganização completa".

Este pequeno trecho do livro A Arte da Guerra, de autoria de Sun Tzu, escrito em algum momento entre os anos 400 e 320 a.C., nunca pareceu tão atual.

Se tivesse sido escrito hoje, com certeza estaria retratando a situação da segurança pública brasileira.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

ROMANCE MANEIRISTA CEARENSE

O fidalgo castelhano Alonso Quijano, auto-intitulado Don Quijote de la Mancha (em castelhano), que perdeu a razão pela frequente leitura dos romances de cavalaria, passando a viver em um mundo de fantasias, sempre tentando imitar os seus heróis; é o personagem principal do livro El Ingenioso Hidalgo Don Qvixote de La Mancha (título e ortografia original), de autoria do escritor espanhol Miguel de Cervantes y Saavedra, publicado sua primeira edição em 1605. Esta obra foi eleita a melhor obra de ficção de todos os tempos.

A exemplo de Dom Quixote, vivendo em um mundo de fantasias alimentadas pela leitura assídua de ficção, está uma grande parte das autoridades cearenses, principalmente aquelas que têm gerência direta sobre os rumos da segurança pública.

Igualmente à obra de Miguel de Cervantes, neste meio de "policiólogos", há também os fiéis escudeiros Sancho Pança. São aqueles que contrastam com o personagem principal pois encaram as aventuras vivenciadas unicamente pelo seu lado realista e racional, mas, infelizmente, deixam-se, aos poucos, influenciar-se pelos delírios e fantasias do falso cavaleiro.

Rocinante, o cavalo velho e descarnado do cavaleiro andante, também tem sua representação por estas bandas: são aqueles que vão deixando-se conduzir pelas excentricidades de seu dono sem reclamar e sem esboçar opiniões, simplesmente cumprindo os comandos de suas rédeas. A grande maioria de nós é formada de Rocinantes.

Assim também como no clássico romance, estamos vivendo um conflito surgido do confronto entre o passado e o presente, o ideal e o real e o ideal e o social.

Depois de ter todas as suas fantasias desmentidas pela dura realidade, o fidalgo Alonso Quijano, ao retornar ao seu povoado, percebe que Dom Quixote não é um herói, ou mais profundamente ainda: que não há heróis.

Infelizmente, as fantasias de nossos Quixotes modernos não passam apenas de bom humor e diversão, podem em pouco tempo trazer uma série de consequências desastrosas para a segurança pública de nosso Estado.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

VAI NASCER UM MONSTRO...

Há uma imensa preocupação, por parte das autoridades que compõem a cúpula da segurança pública cearense, com o policiamento das áreas comerciais do centro da cidade e do corredor da Av. Monsenhor Tabosa. Preocupação esta que, apesar de todas as justificativas, tais como o aumento do fluxo de pessoas, chega a ser exagerada, pois pode vir a prejudicar outras áreas da cidade.

Enquanto isso, está em gestação um grande "monstro" que deverá assolar a sociedade cearense nos próximos anos, entretanto nenhuma dessas autoridades está dando importância: trata-se do crime organizado.

O interior do Ceará está sendo uma grande incubadora deste tipo de atividade criminosa que estende os seus tentáculos desde o tráfico de drogas, passando pelos homicídios por encomenda, e indo até os grandes assaltos, estes realizados em municípios de estados vizinhos.

Já temos, no Brasil, experiências deste tipo, onde as autoridades ignoram áreas menos favorecidas da sociedade dando prioridade para projetos pontuais de curto prazo, agradando, quase que exclusivamente, setores mais favorecidos economicamente; isto ocorreu há alguns anos no Rio de Janeiro, e hoje o crime organizado tem influência em boa parte da sociedade e domina a maior parte das comunidades mais carentes.

EXEMPLO PROFISSIONAL

Como blogueiro tenho me sentido, vez ou outra, um pouco jornalista, apesar de ter características muito distantes deste ramo profissional; o que me leva a respeitar esta profissão.

Venho acompanhando o trabalho desenvolvido por três jornalistas do Diário do Nordeste: Fernando Ribeiro (editor), Emerson Rodrigues e Nathália Lobo; todos da página de Polícia. Tenho nutrido uma grande admiração pelo conteúdo de seus artigos.

Ortega y Gasset, filósofo considerado um dos mais importantes ensaístas do século XX, autor da obra "A Rebelião das Massas" (1930), ensinava que era obrigação do jornalista: clareza, domínio da língua, familiaridade com o tema, texto escorreito, discernimento, conhecimento e compreensão da realidade, consciência crítica, fidelidade à fonte e aos fatos, compromisso com a verdade, autonomia, imparcialidade, isenção, sinceridade e honestidade.

A estes jornalistas, que em seus trabalhos temos observado as características descritas acima, minhas congratulações por terem a coragem de levar ao conhecimento da sociedade fatos relevantes da segurança pública de nosso Estado.

GUERRA URBANA

´Guerra´ nas ruas matou 1.292

Em 11 meses de 2009, os assassinatos já superaram em 38,3 por cento o quantitativo em igual período de 2008

A "guerra" urbana que se instalou na Grande Fortaleza este ano, com execuções sumárias registradas diariamente, chegou a números desafiadores para a Segurança Pública do Estado. Em 11 meses de 2009, nada menos que 1.292 pessoas foram assassinadas na Capital e nos Municípios que compõem a Região Metropolitana (RMF). O crescimento do número de homicídios, comparado a igual período do ano passado, chega ao patamar de 38, 3 por cento.

Em 2008, 934 pessoas foram mortas entre os meses de janeiro e novembro. Uma média de 85 homicídios por mês. Já este ano, a média mensal é de 117 pessoas assassinadas. O salto gigantesco nesta estatística foi comprovado pelo Diário do Nordeste em seus levantamentos próprios, feito a partir dos registros de homicídios nos boletins diários da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), no site da SSPDS, Coordenadoria de Medicina Legal (CML) da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) e pelas notificações dos hospitais de emergência e guias cadavéricas expedidas pelas Delegacias de Polícia (DPs).
...
Fonte: Diário do Nordeste

Em 21/09/2009 postei o artigo "Há algo de podre no reino da Dinamarca". Em trecho deste artigo escrevi:

"Um Hamlet moderno diria: há algo de podre no sistema de segurança pública do Estado do Ceará".

Parece que eu estava vaticinando. Infelizmente tenho a sensação de que muito mais está para vir.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

VICTOR HUGO

"Ser bom é fácil. O difícil é ser justo."

"O futuro tem muitos nomes.
Para os fracos é o inalcansável.
para os temerosos, o desconhecido.
Para os valentes é a oportunidade."

"Não há nada como o sonho para criar o futuro. Utopia hoje, carne e osso amanhã."

"Chega sempre a hora em que não basta apenas protestar: após a filosofia, a ação é indispensável."

"Iniciativa é fazermos o que está certo sem ser preciso que alguém nos diga para fazermos tal."

"Mais facilmente se julgaria um homem segundo os seus sonhos do que segundo os seus pensamentos."

NOBEL DA PAZ?


A fama do Presidente americano Barack Obama tem seguido à frente de seus atos. Defender a necessidade da guerra para justificar ações militares dos EUA, principalmente no Afeganistão, que vai receber um reforço de mais 30 mil soldados americanos, no momento em que está sendo agraciado como o Nobel da Paz, é um paradoxo para a humanidade.

Obama, durante o seu discurso em Oslo, em solenidade ocorrida hoje, afirmou que o conflito é necessário para "combater o mal no planeta" e garantir a segurança dos Estados Unidos. Agraciar Barack Obama com o Nobel da Paz tem o mesmo sentido de se premiar o Presidente Lula com o Nobel de Literatura e escolher Regina Casé como Miss Brasil.

EM PROCESSO DE ESTRUTURAÇÃO


ASSOCIAÇÃO CULTURAL - COMANDANTES DO FUTURO


MISSÃO - Através da reunião de policiais militares culturalmente preparados e compromissados, pesquisar, estudar, criticar, planejar, projetar e publicar alternativas viáveis para a problemática da segurança pública no Estado do Ceará; doutrinando os seus integrantes para assumirem os rumos da Polícia Militar do Ceará, com ética, moral, profissionalismo, compromisso e competência.

Manifestem-se os interessados!

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

DIFÍCIL RESPOSTA

Um amigo me perguntou: o que está ocorrendo com a segurança pública no Ceará?
.
Para responder, assim de imediato, plagiei Heidegger, dizendo QUE TODA REALIDADE CARREGA UM MISTÉRIO E QUE TODA REALIDADE TEM UM OUTRO LADO.


QUANDO EU FOR COMANDANTE...

Aumentarei e fortalecerei a estrutura da Assessoria Jurídica da Polícia Militar do Ceará, criando um plantão 24 horas para o atendimento ao policial militar de serviço que se veja em uma situação de afronta aos seus direitos.
.
O foco dos pareceres da ASJUR não mais serão em prol exclusivamente do Estado, mas sempre orientada a buscar meios legais para beneficiar os policiais militares.
.
Não será a "Assessoria Jurídica do Comandante Geral", mas sim, efetivamente, da Polícia Militar do Ceará.

COISAS QUE O TEMPO NÃO SUPERA


Sou um homem de alguns vícios, sendo o primeiro deles, talvez o que mais tenha me causado problemas, a sinceridade extremada; além deste, também posso relacionar as motocicletas, os charutos e os livros.

Sempre me sinto muito bem em uma livraria, mais ainda em uma banca de jornal, pois considero esta a mais dinâmica livraria de nosso tempo.

É na banca de jornal que encontramos de tudo: de pornografia a erudição; em material impresso ou digital; além, é claro, de livros.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

SANGUE AZUL

Sempre fico muito apreensivo quando viajo de avião, tendo como único meio de relaxar a leitura de um bom livro. Na ida para São Paulo consegui ler, por inteiro, o livro Picos e Vales de Spencer Johnson; um livrinho de auto-ajuda muito interessante e criativo.

No aeroporto de Guarulhos, preparando-me para a viagem de volta, encontrei o livro Sangue Azul - Morte e Corrupção na PM do Rio, de Leonardo Gudel. O autor afirma que este livro retrata fielmente a história real de um PM do Rio de Janeiro, identificado apenas por Rubens, por medida de segurança.

O livro é interessante pelo que se propõe a apresentar, mas intensamente fantasioso e exagerado, onde, podemos observar claramente, procura superar financeiramente o sucesso do livro Elite da Tropa (Sangue Azul também será transformado em filme).

Neste trabalho, o autor consegue transformar os policiais militares do Rio de Janeiro em verdadeiros animais selvagens, onde o único prazer e diversão é matar pessoas, sendo bandido ou não (incluindo crianças), extorquir, roubar, fazer uso de drogas, etc. (detalhe: lí apenas metade do livro ainda).

Sabemos que os policias militares têm seus problemas, principalmente a PM do Rio de Janeiro, mas acreditar em tudo que o autor relata neste trabalho é desacreditar em nossa capacidade crítica.

Trata-se de apenas mais um que deseja se aproveitar das fragilidades de nossas polícias para ganhar fama e dinheiro.

domingo, 6 de dezembro de 2009

AFASTAMENTO

Durante toda a semana estive em São Paulo realizando algumas visitas técnicas, conhecendo novos equipamentos para a utilização pelo BPCHOQUE, motivo pelo qual não tive a oportunidade de publicar novas postagens.
.
Peço desculpas aos amigos leitores por este período de afastamento. Amanhã retornarei com os artigos.

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

MAIS UM PROJETO NA GAVETA

Armas ´sumiram´ do quartel em Caucaia

Trinta e quatro armas de fogo, sendo 29 revólveres calibre 38 e cinco pistolas calibre Ponto 40, pertencentes à Polícia Militar ´desapareceram´ do quartel da 2ª Companhia do 6º BPM (Caucaia). O ´sumiço´ das armas foi detectado em uma inspeção anual, determinada pelo Comando Geral, realizada na última segunda-feira (23) naquela unidade militar, pelas seis secções que compõem o Estado Maior da Corporação. Um Inquérito Policial Militar (IPM) já foi instaurado para apurar o que ocorreu com o armamento.

FONTE: Diário do Nordeste



No início de 2007 apresentei projeto sugerindo a modernização e informatização das reservas de armamento na Polícia Militar do Ceará, onde o laboratório inicial seria realizado na 4ª Cia/6º BPM (Conjunto Ceará) e 2ª Cia/5º BPM (Caucaia). Eu era Subcomandante do 6º BPM na época.

Todo processo de implantação do projeto seria composto de:

- Conferência do armamento, munições e equipamentos;
- Adequação física das reservas;
- Treinamento dos armeiros;
- Controle informatizado do material com auditoria on-line;
- Sistema de entrega e recebimento do armamento por identificação biométrica.

A idéia para a realização deste projeto não foi original, mas partiu do conhecimento de que na Polícia Militar de Santa Catarina, mais recentemente também no Rio de Janeiro, já estavam em andamento projetos semelhantes.

Tendo sido mais um projeto que foi para a gaveta, o que temos observado é uma total fragilidade na sistemática utilizada atualmente nas reservas de armamento, que, diga-se de passagem, é o mesmo adotado nas origens da Polícia Militar do Ceará.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

MEDIOCRIDADE


Em breve estarei publicando um artigo intitulado Como Tornar-se um Comandante Medíocre.

Com certeza será bem mais fácil buscarmos exemplos práticos no cotidiano de nossas Corporações do que se o título fosse Como Tornar-se um Comandante Inspirador.

VERGONHA ESTADUAL

MOTIVAÇÃO


A capacidade de produzir textos requer, além de uma certa dose de inspiração, uma condição motivacional adequada. Não estou nos melhores de meus dias para escrever.

Como não sou favorável à prática, frequente em alguns blogs, de ficar transcrevendo artigos da mídia, talvez observem (os leitores deste blog) uma menor frequência nas postagens.

O Sobrevivência Policial é um canal que encontrei para conversar francamente com os amigos, portanto não tenho preocupações com a quantidade de acessos ao blog nem com o número de postagens. Não estou disputando uma competição para saber qual o blog mais acessado, até porque o contador de acessos de um blog pode ser facilmente manipulado pelo blogueiro.

Também não tenho intenções de ser candidato a algum cargo eletivo.

Estou aguardando a motivação voltar, e junto com ela a inspiração para continuar escrevendo, primando sempre pela franqueza, ética e originalidade dos artigos.

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

HUMOR CEARENSE


Mesmo no ambiente matuto, alguns cearenses não deixam de ficar antenados nos acontecimentos que estão em destaque na mídia. Este conhecimento, aliado ao talento para os improvisos e a inspiração cultural de nosso povo, gera "pérolas" poéticas como a que podemos ver a seguir:


MIGUEZIM DE PRINCESA

Quando Geisy apareceu
Balançando o mucumbu
Na Faculdade Uniban,

Foi o maior sururu:
Teve reza e ladainha;
Não sabia que uma calcinha
Causava tanto rebu.

Trajava um mini-vestido,
Arrochado e cor de rosa;
Perfumada de extrato,
Toda ancha e toda prosa,

Pensou que estava abafando
E ia ter rapaz gritando:
"Arrocha a tampa, gostosa!"

Mas Geisy se enganou,
O paulista é acanhado:

Quando vê lance de perna,

Fica logo indignado.
Os motivos eu não sei,

Mas pra passeata gay
Vai todo mundo animado!


Ainda na escadaria,
Só se ouvia a estudantada

Dando urros, dando gritos,
Colérica e indignada
Como quem vai para a luta,

Chamando-a de prostituta
E de mulherzinha safada.

Geisy ficou acuada,

Num canto, triste a chorar,
Procurou um agasalho

Para cobrir o lugar,
Quando um rapaz inocente
Disse: "oh troço mais indecente,
Acho que vou desmaiar!"

A Faculdade Uniban,
Que está em último lugar
Nas provas que o MEC faz,
Quis logo se destacar:
Decidiu no mesmo instante

Expulsar a estudante
Do seu quadro regular.

Totalmente escorraçada,
Sem ter mais onde estudar,

Geisy precisa de ajuda
Para a vida retomar,

Mas na novela das oito
É um tal de molhar biscoito
E ninguém pra reclamar.

O fato repercutiu

De Paris até Omã.
Soube que Ahma dinejad

Festejou lá no Irã,

Foi uma festa de arromba
Com direito a carro-bomba

Da milícia Talibã.

E o rico Osama Bin Laden,
Agradecendo a Alá,
Nas montanhas cazaquistãs
Onde foi se homiziar
Com uma cigana turca,
Mandou fazer uma burca
Para a brasileira usar.


Fica pra Geisy a lição

Desse poeta matuto:
Proteja seu bom guardado
Da cólera dos impolutos,

Guarde bem o tacacá
E só resolva mostrar
A quem gosta do produto.

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

SÍNDROME DE BARRICHELLO


O brasileiro Rubens Barrichello, apesar de ser o piloto da F1, em atividade, com o maior número de participações em GP's, tem uma incrível atração para o azar. Lembra-me muito o esquilo Scrat, do filme infantil A Era do Gelo, aquele animalzinho que passa o tempo todo tentando pegar a noz mas sempre ocorre algo inesperado que impede o seu intento.

Estudiosos dos sistemas de administração corporativos modernos, cunharam o termo "Síndrome de Barrichello" para indicar a imensa capacidade que algumas pessoas têm, ou até mesmo corporações, de colecionar insucessos, mesmo dispondo de todos os meios e recursos indispensáveis à vitória.

Acredito que a PMCE está sofrendo de uma crônica Síndrome de Barrichello. Tem todos os recursos disponíveis para alcançar um grande desenvolvimento institucional, principalmente um valioso material humano, mas teme o sucesso...ou conspira secretamente para o fracasso.

ERROS DO PASSADO

Mais uma vez a Polícia Militar do Ceará está caminhando para o cometimento dos mesmos erros do passado.
.
A estruturação dos currículos dos diversos cursos de formação e aperfeiçoamento de policiais militares, que ocorrerão na futura Academia Estadual de Segurança Pública, estão sendo formulados por "meia-dúzia" de pessoas, sem submetê-los a uma análise e colaboração pelo restante da tropa.
.
Enquanto as vaidades e os interesses pessoais não forem eliminados de nosso meio, e as decisões que afetam diretamente o bem estar de todo o efetivo da PMCE não forem compartilhados, continuaremos caminhando, a passos largos, de volta ao passado.

EM DEFESA DOS POLICIAIS MILITARES

Pronunciamento do Deputado Federal Leo Alcântara na Câmara dos Deputados:

REMUNERAÇÃO DIGNA
Não poderíamos nos esquivar de conclamar toda esta Câmara dos Deputados (CD) à aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 300/08, que deverá ser incluída na pauta do plenário desta Casa, nos próximos dias.
Trata-se de medida fundamental para a melhoria dos serviços de segurança pública no País, mediante a equiparação dos salários dos policiais militares em todo o Brasil, nunca inferior à remuneração estabelecida para a categoria no Distrito Federal.
O problema da violência e do combate ao crime organizado tornou-se prioridade entre nós. Não bastasse a altíssima incidência de práticas de violência nos grandes centros do País – que tem levado a população ao pânico e à descrença no Poder Público –, temos agora de nos haver com o problema da segurança com repercussão internacional, já que o Brasil será sede da Copa do Mundo em 2014 e o Rio de Janeiro, sede da Olimpíada em 2016.
A verdade é que, ao longo das últimas décadas, o poderio do narcotráfico vem se impondo de forma inaceitável, em total desrespeito à ordem pública, aos poderes constituídos, a valores essenciais como a liberdade de ir e vir, a segurança e o bem-estar do cidadão.
Não será exagero afirmar que momentos há em que sentimos ameaçada a própria democracia, na medida em que a população de uma cidade como o Rio de Janeiro, nossa Cidade Maravilhosa, cartão postal brasileiro, a segunda maior cidade do País, se vê cotidianamente aterrorizada, ameaçada não apenas pela ação direta dos traficantes, mas pelo confronto a céu aberto entre esses e policiais em ação.
De fato, as medidas tomadas pelos governantes em relação à situação do crime no Rio de Janeiro não se têm mostrado profícuas. Com algumas poucas exceções, tais medidas são logo desmoralizadas pelas organizações criminosas, que, obviamente, contam com o auxílio de policiais corruptos a lhes dar suporte e informação.
Muitas também são as denúncias acerca da infiltração de criminosos na polícia, fator determinante para a fuga dos chefes do tráfico antes da chegada das tropas de choque, das invasões aos morros e da subsequente ocupação. É ainda impressionante como o comando do crime consegue controlar suas ações ainda que trancafiado em penitenciárias de segurança máxima.
O resultado é que, a cada dia, o crime parece ganhar novo fôlego, arregimentando mais, oferecendo mais, seja em termos de armamentos ou de remuneração.
Sabedores de que é esta a situação em que se encontram os grandes centros brasileiros, não temos alternativa senão investir maciçamente no saneamento das polícias, a exemplo do que aconteceu em cidades como Nova York ou Bogotá, que conseguiram pôr fim à guerra urbana alimentada pelo tráfico, mediante o reaparelhamento das estruturas de repressão.
O fato é que, em meio a estratégias de guerra, priorizou-se fortalecer o aparato policial, aí incluído o aumento de viaturas em circulação, do estoque e da qualidade de armamentos, a disponibilização dos melhores sistemas de comunicação e informática e, sobretudo, aumento de contingente, remuneração e qualificação do efetivo policial.
A PEC nº 300/08, cuja aprovação vimos defender, é um passo decisivo nessa luta, pois que logrará promover um avanço salarial realmente significativo, pois que, conforme a região, os aumentos chegarão a 300%.
Em nosso Estado, o Ceará, por exemplo, um policial em início de carreira recebe R$ 1.445,00 mensais, enquanto que no Distrito Federal o salário inicial é de R$ 4.129,00.
Não temos dúvida de que a equiparação salarial melhorará não apenas o poder aquisitivo do policial; melhorará também sua autoestima, sua relação com o trabalho, sua consciência acerca dos valores implicados em sua missão.
Ganhar mais significa ser mais respeitado e valorizado pela sociedade, ter mais orgulho e envolvimento com sua atividade profissional, até pela magnitude dos riscos que esta oferece, em seu exercício cotidiano.
A medida, pois, não pretende apenas limitar o poder de sedução das propinas ou mesmo do aliciamento, mas visa especialmente a credenciar o policial, fortalecendo sua imagem perante si próprio e perante o corpo social.
Ganhando mais, trabalhando melhor, em condições materiais e psicológicas compatíveis com a importância de sua função, os policiais militares brasileiros deverão responder de forma mais efetiva às exigências da carreira, o que deverá repercutir, imediata e diretamente, no combate ao crime organizado no País.
Por essas razões, encarecemos a atenção desta Câmara dos Deputados (CD), no sentido de aprovar a PEC nº 300/08, fundamental para a melhoria dos serviços prestados pela polícia militar brasileira e, na sequência, para a erradicação da violência e do crime organizado no Brasil.

domingo, 8 de novembro de 2009

ARTIGO EM DESTAQUE

.
.

PERSONAE NON GRATAE

.
Passarei a publicar, a partir de agora, o nome de todas aquelas pessoas que, publicamente, manifestarem-se contra a PEC 300. Para começar, não poderia deixar de ser:
.
"Roberto Monteiro diz ainda não ter falado com o governador Cid Gomes (PSB) sobre a PEC, mas avisa que o Ceará não tem condições de bancar o possível aumento da folha. 'Praticamente 90% dos estados não podem pagar. Brasília é uma ilha da fantasia, porque é subsidiada pela União', apontou.
'A PEC deveria prever que a União subsidiasse o pagamento dos vencimentos nos estados onde não houvesse condição', sugeriu. 'E, em vez de de pagar igual a Brasília, que eu acho irreal, poderia se pensar num percentual. Por exemplo: 60%', completa. "
FONTE: O POVO
.
ROBERTO DAS CHAGAS MONTEIRO - Secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará.

CAMINHADA PELA PEC 300

CEARÁ

FOI O PRIMEIRO GRANDE PASSO!

EU ACREDITO!

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

CAMINHADA PELA PEC 300

SERGIPE
RIO DE JANEIRO

PIAUÍ
PERNAMBUCO

PARÁ
ALAGOAS

ACRE


domingo, 1 de novembro de 2009

A DESGRAÇA DOS OUTROS...É A PROMOÇÃO DE ALGUNS.

Policial reage a assalto e mata rapaz de 29 anos
PM estava na parada de ônibus se preparando para ir ao trabalho quando foi abordado pelo bandido, segundo policiais do Ronda

Um policial militar do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) reagiu a tentativa de assalto, na manhã desta sexta-feira, e matou o assaltante Daniel Sousa da Mota, 29 anos. A tentativa de assalto ocorreu perto do viaduto da avenida Costa Mendes, no bairro Damas.
.
O policial estava na parada de ônibus se preparando para ir ao trabalho quando foi abordado pelo bandido que anunciou o assalto, segundo policiais do Ronda do Quarteirão, que estiveram no local da ocorrência. O policial puxou a arma e disparou um tiro contra o tórax do homem que caiu sem vida. O PM acionou uma ambulância e a Polícia para o local e se apresentou no 34º DP, no Centro, onde prestou esclarecimentos e foi liberado.
.
Até hoje, haviam 182 comentários no site do O POVO online reclamando da forma como o referido veículo de imprensa tratou do assunto; dando a idéia, no título de sua matéria, que o soldado havia tirado a vida de um pobre rapaz inocente.
.
Foram postados comentários do tipo:
.
"Fiquei decepcionado com este jornal que parece ficar sempre contra a polícia. Talvez um dia, quando os responsáveis por títulos desta natureza, sejam alvos da vagabundagem que assola esta cidade, mude de lado!!!"
.
"So fico triste porque sempre quando os jornais fazem esse tipo de materia que tem o título PM,os mesmo tenta mudar o rumo do título do ocorrido.PORQUE O TERMO RAPAZ?SE A MATERIA TEM COMO FOCO ASSALTO,QUEM DISSE QUE RAPAZ ANDA ASSALTANDO POR AI ,SÃO OS JORNAIS, FERINDO TODA A INTEGRIDADE MORAL DE QUEM É RAPAZ,QUEM ASSALTA É ASSALTANTE.FIQUE DE OLHO NO QUE ESCREVE VIU REDATORES DE JONAIS.DETALHE O PM VAI RESPONDER POR OMICIDIO,VAI TENTAR PROVAR QUE FOI EN LEGITIMA DEFESA E SE NÃO VAI SER CONDENADO.CUIDADO COM OS DIREITO HUMANOS ,CONCERTEZA QUEM MORREU FOI UM "RAPAZ."
.
Mas o pior de tudo não veio à tona; apesar do soldado ter, ele próprio, acionado uma ambulância para socorrer o bandido que ainda estava com vida, ter telefonado para a CIOPS comunicando o ocorrido e solicitado a viatura para o local, ter ido ao Distrito Policial para apresentar-se voluntariamente; tanto a composição da viatura do Ronda quanto o Subtenente Coordenador de Operações do BPChoque foram ameaçados de autuação, por dois oficiais superiores de nossa Corporação (um Coronel e um Major), se não dessem voz de prisão ao soldado que havia, em uma ação legítima, defendido-se de um marginal drogado. O soldado em questão, que conheço pessoalmente, é um excelente profissional; teve a chance de sair do local do ocorrido sem ser reconhecido, mas preferiu fazer a coisa correta.
.
Infelizmente, continua aquela situação de companheiros quererem mostrar serviço às custas da desgraça dos outros.

BRIO, DIGNIDADE E HONRA


Em 3 de fevereiro de 1887, durante a chamada Crise do Segundo Reinado, O Marechal Manuel Deodoro da Fonseca remeteu carta ao imperador D. Pedro II reclamando sobre o tratamento que estava sendo dispensado aos militares brasileiros.

Em certo trecho, ele escreveu:

"A disciplina militar não permite ao soldado receber afrontos e vilipêndios; a disciplina quer no soldado - e por isso no mais alto grau - brio, dignidade e honra. A obediência do soldado não vai até o próprio aviltamento; o soldado é obediente, mas não servil; e aquele a quem não repugnaram atos de baixeza e servilismo não é digno da farda que veste..."

Não tendo recebido resposta, em 12 de fevereiro seguinte, o Marechal Deodoro da Fonseca escreve novamente ao Imperador, onde, em certo trecho, ameaça:

"...a ser negada a justiça que peço, terei vergonha da farda que visto, eu que me orgulho de pertencer ao Exército; e, nesse caso, ser-me-a uma verdadeira graça, senhor, minha exoneração do serviço."

Que sirva de exemplo para algumas pessoas que, infelizmente, apenas estão preocupadas em manter o status e perceber uma gratificação, esquecendo-se do brio, da dignidade e da honra.

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

SUJANDO A FARDA

PMs investigados por roubos

Uma investigação sigilosa que está em andamento há, pelo menos, dois meses, revela a existência de um grupo de policiais militares da ativa envolvidos com assaltantes e ladrões de carros. Pelo menos dois PMs já estão presos e outros, entre eles um oficial, são investigados.

A investigação revela que policiais militares estariam dando suporte logístico e facilitando as ações - e fugas - de bandidos que vinham agindo na Grande Fortaleza, com mais intensidade na área da Grande Messejana e na C idade dos Funcionários.

Interceptações telefônicas, autorizadas pela Justiça e operacionalizadas pelo sistema "Guardião" da Coin, permitiram chegar aos envolvidos. O "grampo" descobriu, por exemplo, a participação de um sargento e um soldado, ambos destacados na 2ª Companhia do 5º BPM (Messejana), com a quadrilha. No último dia 7, agentes da Coin, com o apoio do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), do Batalhão de Polícia de Choque (BpChoque), prenderam o sargento PM Francisco das Chagas de Freitas Silva Júnior (conhecido como sargento Freitas) e o soldado Francisco Alderi Alves Rodrigues (SD Rodrigues), juntamente com os assaltantes Antônio Fernando Santana e Cristiano de Souza Tavares.

FONTE: Diário do Nordeste

Não venham argumentar que isto ocorre por causa dos baixos salários, na realidade é pura pilantragem. Sei que o nosso salário está deplorável, mas não é justificativa para polícia querer ser dublê de bandido. Desculpem-me os que se ofenderem, mas, por mim, pegava estes bandidos e jogava dentro do IPPS, pois é lá que merecem estar, se não, em lugar pior.

Parabéns à COIN por este trabalho, entretanto é bom lembrar outro fato: no dia 8 de julho deste ano, em uma tentativa de assalto a um carro forte no Centro da Cidade, tendo ocorrido um tiroteio entre os vigilantes e os bandidos, onde estes foram presos logo em seguida, uma das armas apreendidas era uma pistola calibre .40 pertencente ao patrimônio da Polícia Civil. Curioso é que não havia queixa ou relato do possível sumiço desta arma.

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

CAMINHADA PELA PEC 300

ESTAREI LÁ!
DIA 7 DE NOVEMBRO ÀS 7HS30, REITORIA UFC (AV. DA UNIVERSIDADE)


Se você estiver de folga, compareça!

MENSAGEM AOS INCOMODADOS


Peço aos amigos leitores que entendam o fato de ter deixado de publicar alguns comentários, não é censura, trata-se, unicamente, de cuidarmos pela manutenção do padrão (permitam-me, os amigos jornalistas, utilizar este termo) editorial de nosso blog.

Toda colaboração será bem recebida, entretanto devemos evitar a utilização de termos agressivos e as manifestações partidárias.

Expressem suas opiniões de forma sensata e abalizada. Exponham as suas angústias e anseios de forma clara e objetiva, mas abstenham-se de comentários ofensivos ou com posicionamentos discriminatórios.

Recebi nos últimos dias comentários ofensivos à minha pessoa. alguns, em respeito aos meus leitores, resolvi não publicar por conterem termos grotescos. Sei que estou incomodando pessoas pelo teor dos meus artigos, mas não deixarei de fazê-los. Quem não estiver contente com o que digo, sinta-se à vontade para não mais acessar este blog.

O Sobrevivência Policial é um espaço destinado às pessoas preocupadas com os destinos da segurança pública de nosso Estado e com as melhores condições de trabalho de nossos policiais. Local de debates inteligentes e de propostas concretas. Aqui discutiremos ideias, sejam elas boas ou não.

O Sobrevivência Policial é um blog livre de anseios pessoais, não servirá para pretensões políticas de policiais recalcados ou de más intenções.

LETALIDADE POLICIAL

Chegou ao meu conhecimento que a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social está estudando a possibilidade de criar uma COMISSÃO DE LETALIDADE. De acordo com informações preliminares, esta teria a incubência de acompanhar e investigar as ações policiais que resultassem em letalidade.
.
Sou inteiramente à favor desta ideia, pois sempre defendi e ensinei que a letalidade policial deve ser na proporção adequada para que se faça cumprir os requisitos legais da legítima defesa, entretanto faço algumas considerações:
.
1º - Que esta Comissão não tenha vinculação direta com o Secretário de Segurança, evitando-se a sua utilização para favorecimentos políticos ou o enfraquecimento e descrédito das investigações da Corregedoria e da própria Polícia Civil.
.
2º - Que não sirva para ser mais vagas de empregos para apadrinhados, nomeando-se pessoas tecnicamente despreparadas e com interesses meramente pessoais, pois causará um sério dano à atividade policial de nosso Estado.
.
3º - Que não seja mais um instituto para perseguir e desmotivar os bons policiais, trabalhando exclusivamente na defesa dos marginais.
.
SUGESTÃO: Além da criação da Comissão de Letalidade, também criar uma Comissão responsável por defender os interesses dos familiares e dos policiais mortos e feridos em serviço ou em razão deste.

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

GERENCIAMENTO DE CRISES

Tendo em vista o alerta que publiquei em 01/10/2009 aqui no Sobrevivência Policial (Postagem: DESPREPARO, VAIDADE...OU AMBOS?), o Secretário de Segurança Pública vai tentar revitalizar e operacionalizar o GCRISES.
.
Só espero que não sejam cometidos os mesmos erros do passado, onde policiais com o perfil apropriado, além dos conhecimentos técnicos adequados, foram preteridos por outros sem estas características, por simples indicação política.
.
Sugestão:
.
Realizar uma seleção com avaliações dos conhecimentos teóricos e práticos, além de uma avaliação comportamental frente à ocorrências simuladas.

terça-feira, 20 de outubro de 2009

E-MAIL QUE RECEBI HOJE

"Estava dormindo (são 1h34min) quando ouvi um barulho de um veículo e vozes na rua em que moro, como policial experiente passei a observar o que acontecia por uma fresta da minha janela;
Vi uma VTR do Ronda conversando com uma moradora, em seguida um PM entrou na residência com uma lanterna na mão, o outro PM ficou ao lado da VTR.
Foi o bastante para que eu perdesse o sono, e um sentimento de revolta tomasse conta de mim.
Ora! Eu estou sem a mínima perspectiva de ser promovido, temo inclusive encerrar minha carreira no posto de tenente-coronel.
Isto, pela absoluta falta de vagas, em decorrência de uma lei de efetivo que não traduz a realidade da demanda de serviço de minha corporação; temos cerca de 8 milhões de habitantes no Ceará e somente uns 14.000 PMS na ativa;
A ONU prevê que deva existir 1 Policial para cada 250 habitantes e 1 para 500 habitantes, nas áreas urbanas e rurais, respectivamente; de acordo com a população urbana e rural do Ceará devíamos ter um efetivo de 32.000 policiais militares;
Ora bolas!
Não sou promovido por que não há vagas...
....E os Policiais daquela viatura do ronda estão se arriscando daquela forma por que não há efetivo, segundo o governo.
Eureka!!!!
É só o governo mandar uma nova lei de efetivo para Assembléia Legislativa.
Ai pronto! Resolvido!Sou promovido e a viatura daqueles “cristos” vai ter o número mínimo de segurança previsto na doutrina policial militar, e em qualquer pessoa de bom senso: 3 PMS por guarnição;
Droga!
Parece que estou sonhando de novo.
Mas, como concordamos com isso?
Escalamos somente 2 PMS em nossas viaturas e os mandamos para rua para enfrentar marginais?
Isto é ser disciplinado?
Escalar policiais 6 dias consecutivos somando 48 horas semanais?
Aceitar e quedar-se quando tiram a gratificação do homem ferido ou morto em serviço?
Assistir a Policia Civil ganhar seu subsídio, e nós 8% em cima somente da gratificação militar?
Assistir a nossa Lei de Organização Básica, que embora não signifique vagas para promoção, durma nas prateleiras da Assembléia desde dezembro de 2007;
Sim, pois a inescrupulosos que deixam transparecer para tropa que a LOB trará vagas para promoção. Grande mentira!
O que gera vaga para promoção é a lei de efetivo, esta sim cria cargos e conseqüentemente gera vagas para novas promoções.
Perguntem a que sabe: Major Ozair, Major Aurélio, Coronel Bessa, CAP. Luiz Eduardo, e etc.
Raiva!
Este é meu sentimento agora;
Reuniões e mais reuniões; cobranças e mais cobranças;
Quando na verdade a vontade de todos é dizer um: P.Q.P!
Cadê meu subsídio (média salarial do nordeste)?
Cadê nossa lei da carga horária?
Cadê um sistema de saúde n PMCE que atenda o PM da capital e do interior com consultas eletivas e de emergência, além de exames, em todas as especialidades?
Cadê minha promoção?
As praças dizem que os culpados dessas mazelas são os oficiais;
Eles estão certos!
Somos nós mesmos.
Eu e você.
Nós que em nossas repartições assinamos ofícios irregulares, escalas inconstitucionais, autorizações para que eles conduzam viaturas da PMCE quando sabemos que estão em desacordo com o CTB, e tantas outras ações que corroboram com esses desmandos.
A sociedade é uma ferramenta importante.
Os Conselhos Comunitários de Defesa Social, as Escolas, as Igrejas, a OAB, a CNBB, nossas famílias, devem assumir essa luta.
Devem exigir o aumento do número de policiais militares para guarnecer dignamente sua comunidade, seu distrito e seu município;
Eles são os maiores interessados em ter uma policia de qualidade, com policiais trabalhando de forma segura, satisfeitos e com orgulho de ser policiais militares do Ceará.
A partir de hoje participe, convença, divulgue, haja!
Seja um agente propagador da verdadeira segurança pública, aquela que se faz com valorização do elemento humano.
Cada PM pode representar 4 votos, no mínimo, somente dentro de sua família.
Levantemos a bandeira da verdadeira segurança pública.
A Visita Comunitária é uma ferramenta valiosíssima.
Cada cidadão deverá ser um agente "consciente" dos motivos e porquês da baixa qualidade do atendimento da Policia Militar.
Vamos nominar e dar-lhes ciência de quem realmente trabalha por sua segurança. E quem só está de bravata!
Não assuma o ônus de um problema que você não tem ingerência.
Se for indagado pela imprensa , lideres comunitários e cidadãos comuns, acerca dos motivos da insegurança de determinado local, ou da falta de policiamento. Fale a verdade!
Diga: Nós temos cerca de 14.000 PMS para 8 milhões de habitantes, mas na verdade precisaríamos de 32 mil policiais militares,
A partir daí peça para que o repórter ou quem quer que seja, busque respostas na Secretaria de Segurança Pública.
Diga à comunidade que os PMS estão cansados, estressados, mal remunerados, sem promoção e na vala comum da saúde pública;
Diga-lhes que se o PM levar um tiro irá convalescer no IJF, "junto" com o bandido que atirou nele.
Isso é insubordinação?
É indisciplina?
É motim?
Não!
Isto é ser Profissional de Policia.
Isso é querer uma Polícia Militar Profissional.
Profissionalismo se faz com:
Garantia da Segurança dos policiais (3 por viatura, plano de saúde...)
Salário digno e estabilizado (Subsídio – Média Salarial do Nordeste...)
Valorização profissional (garantia do cumprimento dos interstícios para suas promoções...)
Carga Horária (40 horas semanais)
Capacitação (cursos regulares e presenciais de táticas e técnicas policiais nas suas diversas áreas...).
A criação da Associação dos Oficiais foi e será um marco importante na criação de uma nova Policia Militar;
Rezo e oro, para que ela saiba conduzir nossas demandas ao governo do Estado, de forma respeitosa mais altiva, digna de representar os Oficiais da Policia Militar do Ceará.
Esta corporação me deu tudo é justo que eu a engrandeça e eleve o nome da minha Policia Militar do Ceará.
Deus proteja a Gloriosa!
Boa Noite a todos!"

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

QUANDO EU FOR COMANDANTE 2...


Se há uma atividade, dentro do sistema de segurança pública no Brasil, que eu considero completamente fora de contexto em nossa sociedade (sem questionar a legalidade de sua existência), são os denominados "Serviço de Inteligência", ou, na estrutura militarista de nossas polícias militares, as místicas 2ª Seções.

Germinadas à partir dos órgãos de repressão do período ditatorial brasileiro, por muito tempo foram utilizadas para favorecimento de pessoas influentes ou com interesses políticos.

Atualmente, dedicam-se ao acompanhamento de movimentos sociais, à investigação em relação a atuação de criminosos ou os desvios de conduta profissional de nossos policiais. Mas, mesmo negando, continuam defendendo interesses políticos.

É louvável quando colaboram para a prisão de bandidos e para descoberta de ações criminosas de integrantes dos órgãos de segurança pública de nosso Estado, suprindo uma carência encontrada na Polícia Civil, visto ser esta a legítima responsável por tais investigações.

Entretanto, suas atuações estão integralmente legalizadas? Será que todas as pessoas que estão sendo monitoradas ("grampeadas") pelo sistema guardião, sob a responsabilidade da Coordenadoria de Inteligência da SSPDS, são alvos de investigação autorizadas pela justiça?

Quando eu for Comandante Geral apresentarei projeto propondo a extinção da 2ª Seção, a transferência da COIN para a Corregedoria, realizando atividades exclusivas de controle interno, além da extinção da atividade de inteligência da Casa Militar, pois, no Estado Democrático de Direito em que vivemos, onde os sindicatos e movimentos sociais são legalizados, não há mais motivos para a atuação de agentes infiltrados.

FALTA TREINAMENTO ADEQUADO

"Tem policiais que não sabem manusear arma", diz secretário
.
A carga horária do curso de Formação de Soldados no Ceará aumentou, mas os policiais militares ainda se sentem despreparados para enfrentar as situações de perigo nas ruas
.
.
O titular da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Roberto Monteiro, reconhece o problema e diz que já ouviu relatos sobre o despreparo da PM. ``Fiquei realmente preocupado. Tem policiais que simplesmente não sabem manusear uma arma. Mas isso não é culpa deles``, comenta, acrescentando que o Estado deveria ter provido esse tipo de treinamento. O secretário frisa ainda que os casos que ouviu foram de policiais que trabalham há mais tempo na PM e que somente agora tiveram curso de tiro. O autor do livro Tiro Policial e Armas de Fogo e pesquisador do assunto, major Wilson Melo, afirma que o ensino policial tem melhorado no Estado, embora ainda esteja ``longe do ideal.`` ``Está bem melhor do que na época em que ingressei na Polícia (em 1990). No meu treinamento, dei dez tiros. Agora, no último curso, o pessoal deu 250``.
O major lembra ainda a importância de se ter um ensino continuado. ``Se não tiver treinando, o policial não consegue disparar com qualidade. Precisa de um treinamento constante``, defende. Ele cita o exemplo dos policiais federais da Argentina. ``Estive lá e vi que eles têm uma cidade cenográfica e um estande próprio de tiro para cada atividade. Toda semana, os policiais passam nesse estande``.

Fonte: O POVO

ACIDENTES COM VIATURAS

Fonte: Diário do Nordeste

Faz tempo que venho avisando (veja artigo postado em 13/07/09): considerando a quantidade de viaturas que foram adquiridas pelo atual governo, importando em um investimento muito alto, a utilização de quatro ou cinco viaturas para a estruturação de uma Escola de Pilotagem Operacional seria apenas um pequeno cuidado com os milhões de Reais investidos.
.
Para pensar: criar uma Escola de Pilotagem Operacional, utilizando-se de cinco viaturas especialmente preparadas para isto (célula de segurança), nos moldes do que já existe em outros Estados, com aulas específicas para a condução de risco.

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

AVISO AMIGO 2

Aproximadamente 58 armas de fogo - entre pistolas, fuzis e metralhadoras - foram roubadas em um quartel da Polícia Militar na cidade de Salgueiro, no sertão de Pernambuco.
.
Preparem-se para a possível ocorrência de assaltos à agências bancárias no interior do estado do Ceará.
.
O Batalhão de Choque está pronto para realizar operações no interior, basta a determinação.

QUANDO EU FOR COMANDANTE...

A nossa civilização ocidental erra gravemente em desprezar a contribuição e os conselhos dos mais velhos e experientes. Somos quase sempre guiados pelo ímpeto e pela arrogância dos mais jovens, isso nos faz errar muito antes de acertamos os caminhos mais adequados e justos.
.
Por isso, quando eu for comandante, administrarei com o auxílio de um Conselho formado por policiais militares da reserva remunerada, representantes dos diversos círculos hierárquicos da Corporação, principalmente daqueles coronéis que já ocuparam funções importantes, tais como: Comandante Geral e Comandante Adjunto, Coordenador Geral de Administração, Comandante do Policiamento da Capital e do Interior.
.
Trancar-se em um gabinete ouvindo apenas os conselhos e sugestões daqueles que lhe são mais próximos e ligados pode, de uma maneira irreversível, alienar e desvirtuar as decisões de comando.

terça-feira, 13 de outubro de 2009

AVISO AMIGO


É de conhecimento geral os elevados investimentos que o Governo do Estado tem realizado na pasta da segurança pública. Foram adquiridas viaturas confortáveis e potentes, dotadas de tecnologia de última geração; equipamentos, acessórios e novos uniformes de boa qualidade; coletes balísticos e novos armamentos.

O Governador sempre demonstrou uma preocupação em dotar os policiais do que há de melhor no que refere aos meios materiais.

Considerando esta boa disposição para a melhoria das condições materiais (infelizmente o fator humano está meio esquecido), fico a me perguntar: será que é do conhecimento do Governador algumas práticas adotadas pela SSPDS? Práticas estas que podem trazer diversos problemas para a imagem do Governo frente à opinião pública nacional.

Com certeza, dentre estas práticas, a mais preocupante é o emprego de policiais militares neófitos de uma maneira excepcionalmente irresponsável. Empregar uma dupla de policiais, apenas com revólver e sete cartuchos, sem coletes, à pé e sem comunicação, já é uma tremenda falta de bom senso, mas, além disto, posicioná-los em áreas de risco... é temerário.
.
É o que está ocorrendo com os policiais do Ronda do Quarteirão formados na última turma.

Será que vão esperar algo mais grave ocorrer para observarem a "burrice" que é expor estes jovens à tais riscos.

Com a palavra, o Governador.

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

REPRESENTANTE DOS MILITARES ESTADUAIS

Venho recebendo muitas manifestações amigas de companheiros que me incitam a levar a minha batalha pela melhoria das condições de trabalho dos policiais cearenses para os palanques políticos. Insisto que não tenho interesse nisto, pois, salvo alguns bons amigos políticos, tais como os governadores Beni Veras e Lúcio Alcântara, tenho verdadeiro pavor pela política partidária.

Sei que alguns vão me criticar pela declaração que farei agora, entretanto, apesar de relutar por um bom tempo, não posso mais me negar a fazê-la. Trata-se de minha opinião pessoal sobre quem tem reais condições de representar a categoria dos militares estaduais na Assembleia Legislativa.

Não tenho procuração para falar em nome desta pessoa, muito menos procurei saber se ela estaria disponível para tal missão, mas ao traçar o perfil do Deputado Estadual com reais condições de lutar por nossos direitos, apenas uma pessoa se encaixou nessas características, que são: compromisso, honestidade, coragem, persistência, inteligência, articulação política, aceitabilidade social, experiência, conhecimento dos reais problemas, sincero, etc.

Venho buscando a algum tempo um nome, dentro das fileiras da PMCE, que reúna todas estas qualidades, mas, infelizmente, não encontrei.

Encontrei esta pessoa nas fileiras do Corpo de Bombeiros. Trata-se do Cel. BM RR Duarte Frota, ex-Comandante Geral daquela Corporação.

Há alguns anos, era comum ouvirmos companheiros reclamarem: "por qual motivo os bombeiros conseguem (melhorias) e a PM não?".

Acompanhei o seu trabalho como Comandante Geral do CBECE e observei seu empenho e entusiasmo em buscar melhorias para a sua corporação, tendo conquistado muitas.

Tenho absoluta certeza que, se fosse ele o nosso representante, cumprindo uma meta estabelecida pelos próprios militares estaduais, seríamos realmente representados.

Expressando minha opnião sobre este tema, não tenho intenção de magoar alguém, principalmente aqueles que estão se aproveitando do momento para se autoproclamarem elegíveis, apenas achei por bem definir minha posição para não ser omisso ou simplesmente "ficar sobre o muro", mantendo a minha personalidade de ser sincero, mesmo que seja duro.

DESPREPARO, VAIDADE...OU AMBOS?

"Assaltante faz bebê refém por oito horas

Uma tentativa de assalto acabou se transformando em crime de extorsão mediante cárcere privado e, em seguida, sequestro que já duraram oito horas na cidade de Sobral, na Região Norte do Estado (a 233Km de Fortaleza). Um ex-presidiário, recém- saído da cadeia através do Mutirão Carcerário, invadiu uma residência, na zona central daquela cidade, e, com a suposta cumplicidade da diarista da residência, manteve três pessoas como reféns, entre elas, um bebê de apenas cinco meses de vida; além de sua babá, e um rapaz de 18 anos.
(...)
Com o anoitecer, a situação foi ficando cada vez mais tensa. O pai da criança, que estava em Fortaleza, retornou a Sobral para acompanhar as negociações. Por volta das 18h15 chegou àquela cidade, de avião, o superintendente da Polícia Civil do Ceará, delegado Luiz Carlos Dantas, especialista em "gerenciamento de crises". Do aeroporto, ele foi levado, imediatamente, para a cena do crime.Por volta das 22 horas, o bandido liberou a diarista e saiu da casa com a arma engatilhada na cabeça do bebê, que estava nos braços da babá.O delegado Dantas dirigiu o carro exigido pelo sequestrador. O bandido embarcou com os reféns no banco traseiro. O automóvel seguiu em fuga pela BR-222, em direção ao Piauí. Mas, alguns quilômetros depois, o assaltante decidiu retornar para Sobral, sendo acompanhado por um comboio de viaturas da Polícia e carros da Imprensa. De volta a Sobral, o veículo foi cercado. Sem chances de prosseguir na fuga alucinada, o criminoso se entregou. A criança e a babá foram resgatados ilesos após a longa agonia."
Fonte:
.
Logo quando iniciou esta ocorrência o Capitão Cavalcante, comandante do GATE, tomou conhecimento através de um PM lotado em Sobral. De imediato o Cavalcante me telefonou e começamos a montar uma equipe tecnicamente capacitada para este tipo de missão. Já estavam designados o Gerente da Crise, o Negociador, o Sniper e o Time Tático. Cada uma destas pessoas, mesmo ainda sem a autorização para o deslocamento até Sobral, iniciou o check list de suas atribuições e equipamentos. Não foi necessário o nosso deslocamento até lá, pois a ocorrência se desenrolou da forma como podemos ler nos jornais.
Seria necessário ter saído alguém ferido para hoje estarmos questionando a validade dos métodos policiais empregados nesta ocorrência? Graças a Deus (unicamente a ele) nada mais grave ocorreu, principalmente com o bebê.
Até quando continuaremos agindo de forma amadora em ocorrências que envolvam reféns, utilizando o desespero de pessoas inocentes como vitrine para a exposição de vaidades?
.
Com a palavra o Sr. Secretário de Segurança Pública, considerado um especialista em ocorrências com reféns.