BOAS-VINDAS

É uma grande alegria receber a sua visita. Tenho o real desejo de tornar este blog um espaço onde possamos discutir, de forma aberta e sincera, assuntos de interesse profissional para todos aqueles que participam da guerra diária contra a criminalidade e a violência.
As opiniões e comentários serão de essencial importância para o sucesso deste espaço de discussões.

OS ARTIGOS PUBLICADOS PODEM SER COPIADOS, DESDE QUE CITADA A FONTE

quinta-feira, 27 de maio de 2010

MAPA DOS HOMICÍDIOS EM 2010

O Jornal Diário do Nordeste vem prestando um grande serviço à sociedade alencarina através da divulgação do Mapa dos Homicídios em 2010 de Fortaleza e Região Metropolitana.

Com este serviço as pessoas comuns poderão saber em que áreas da cidade há um maior risco de tornar-se vítima de um homicídio. É claro que há muitos outros fatores envolvidos na questão das mortes violentas, entretanto todo cidadão tem o direito de ser informado de forma transparente sobre a questão, coisa que as autoridades estaduais não se preocupam.

O Mapa dos Homicídios também poderá ajudar as autoridades policiais a desenvolverem estratégias de policiamento, já que há uma grande dificuldade no acesso a estas informações nas bases de dados estatísticos da CIOPS. Vejamos alguns exemplos:
  • Na região do centro de Messejana, há uma maior concentração de crimes nas proximidades do terminal de ônibus.


  • Há uma grande concentração de ocorrências na área situada entre a Av. Raul Barbosa e a BR 116, pegando parte dos bairros da Aerolândia e São João do Tauape.
  • Também há "ilhas de tranquilidade", pelo menos no que se refere a homicídios, como podemos encontrar no bairro Cidade dos Funcionários (dos poucos casos encontrados nesta área, três foram mortes de bandidos em confronto com policiais).


  • Centro da Cidade, Praia de Iracema e uma parte do Meireles e Aldeota também são áreas de menor incidência de homicídios, mas com grande ocorrência de crimes contra o patrimônio.


  • Na área do Mucuripe, o bairro Vicente Pinzon é o grande "vilão".


FONTE: http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=783383

Um comentário:

Landim, Arthur disse...

Existe um projeto (WikiCrimes) que a própria sociedade (vítimas da violência) faz o mapeamento dos crimes.
http://www.wikicrimes.org