BOAS-VINDAS

É uma grande alegria receber a sua visita. Tenho o real desejo de tornar este blog um espaço onde possamos discutir, de forma aberta e sincera, assuntos de interesse profissional para todos aqueles que participam da guerra diária contra a criminalidade e a violência.
As opiniões e comentários serão de essencial importância para o sucesso deste espaço de discussões.

OS ARTIGOS PUBLICADOS PODEM SER COPIADOS, DESDE QUE CITADA A FONTE

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

BASTÕES POLICIAIS EXTENSÍVEIS

Há algum tempo venho defendendo a necessidade de se adquirir, pelas Corporações policiais, os bastões extensíveis (cassetete retrátil) em substituição às tonfas e aos ultrapassados cassetetes.

Considerando que o bastão é uma excelente ferramenta para a defesa do policial, além de ser essencial para a gradação do uso da força, não é muito comum observarmos os policiais, principalmente os que não são militares, portando consigo um bastão policial. Vários são os motivos: falta de treinamento adequado, pouca portabilidade dos bastões convencionais e tonfas, etc.
Tendo em vista que as Diretrizes sobre o Uso da Força pelos Agentes de Segurança Pública, estabelecida pela Portaria Interministerial nº 4.226/2010, do Ministério da Justiça e da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, orienta em sua Diretriz de número oito:
"Todo agente de segurança pública que, em razão da sua função, possa vir a se envolver em situações de uso da força, deverá portar no mínimo 2 (dois) instrumentos de menor potencial ofensivo e equipamentos de proteção necessários à atuação específica, independentemente de portar ou não arma de fogo."

É fácil concluir que pelo menos um destes instrumentos de menor potencial ofensivo será o bastão, portanto, aos entes federados que adotarem ações visando a implementação destas diretrizes por suas corporações policiais caberá a responsabilidade pela aquisição, treinamento e conscientização para o porte constante dos bastões policiais.
A Polícia Militar do Ceará, recentemente, ao fornecer os novos fardamentos e apetrechos aos seus integrantes, entregou a cada policial, inclusive aos oficiais, uma tonfa. Entretanto, é muito raro encontrarmos um policial fardado portando a referida tonfa junto ao seu cinto de guarnição. Quando muito, estes bastões estão jogados em um canto qualquer da viatura.

VANTAGENS DO BASTÃO EXTENSÍVEL EM RELAÇÃO À TONFA E AO BASTÃO TRADICIONAL
  • PORTABILIDADE - Considerando o seu pequeno tamanho quando não está estendido, estará sempre próximo ao corpo do policial, no cinto de guarnição, não sendo necessário retirá-lo quando for se sentar no interior de um veículo. Quando o policial necessitar correr, não ficará balançando na cintura e batendo nas pernas, podendo ocasionar uma queda do policial.

  • DISCRIÇÃO - É muito discreto. Não chama a atenção quando está portado no cinto, podendo facilmente ser confundido com uma lanterna de mão. Melhora a imagem pública da Corporação. Permite a portabilidade dissimulada pelo policial civil ou em atividades de proteção de autoridades.

  • POLÍCIA COMUNITÁRIA - Ideal para a imagem do policial comunitário. Tanto ao portá-lo como estando nas mãos (fechado), não oferece uma imagem de agressividade. Permite uma aproximação aos suspeitos com o bastão nas mãos, de forma discreta, podendo ser estendido em frações de segundo.

  • EFEITO PSICOLÓGICO - O impacto psicológico produzido no delinquente no momento de sua abertura é enorme, em razão do barulho metálico produzido. Na maioria das situações o delinquente retrai o seu ímpeto agressivo somente com a abertura do bastão por parte do policial.

  • AUXILIAR - Pode ser utilizado para romper vidros de veículos sinistrados, para  facilitar o resgate de pessoas.

3 comentários:

Anônimo disse...

O sr. esqueceu de falar quando da segurança vip, o emprego dissimulado e fechado na mão auxilia na eventual abertura de trajeto na multidão, tornando-se um dedo-duro, cujo contato com a população auxilia, sem que esteja às vistas ostensivamente

decimo_sexto disse...

Como poderia adquirir o livro de vossa autoria: "tiro policial e armas de fogo"? pklerson_petras@yahoo.com.br

Erick Tamberg disse...

Segundo estudos da Polícia Britânica, outra vantagem dos bastões retráteis/extensíveis é sua maior rapidez de saque. Estatísticas da Policia britânica revelam que, em 55% das ocorr~encias onde os policiais empregavam bastões rígidos, estes foram agredidos antes de conseguirem sacar o bastão, devido ao seu comprimento.